Páginas: 1 2 [3] 4   Ir para o Fundo
Imprimir
Autor Tópico: BMW K 1200 GT - Primeiras Impressões  (Lida 33025 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.
Ric@rdo Lino
Membro Coletado
Intruder 125
*
Offline Offline

Mensagens: 1.082


Campinas - SP


« Responder #30 : 14-01-2012, 21:20:08 »

que show!  thumbsup
Registrado
Marcos Sá
Marauder 250
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.793


BOG-SP Capital


WWW
« Responder #31 : 14-01-2012, 21:42:22 »

Excelente moto! parabéns pela máquina! thumbsup
Registrado

   BLACK BULL
Johnnie
Boulevard M800
*******
Offline Offline

Mensagens: 4.711


Brasília - DF


« Responder #32 : 16-01-2012, 19:42:22 »

Bom, agora tentarei finalizar minhas impressões sobre a moto:

Como disse antes, fui pegá-la na Caltabiano, em São Paulo. Providenciei, à distância, a vistoria para o seguro no BB sendo que, após muita negociação, o prêmio acabou ficando em R$ 1.900,00, com franquia de R$ 2.986,07.

O maior receio era sair de São Paulo, não só pelo trânsito intenso de uma sexta-feira, mas também pelo risco de ser ‘desapropriado’ da moto. Cheguei a pensar em acertar com um motoboy a ‘escolta’ até a Bandeirantes, mas na Caltabiano me desaconselharam esse procedimento e asseguraram que não seria necessário, pois, segundo eles, a turma do mal não gosta desse tipo de moto (será?), além do que o acesso à marginal é muito perto da loja e, uns quilômetros à frente, pegaria a rodovia.

Nessa primeira viagem, de São Paulo a Brasília, a média de consumo não foi muito boa: 16km/l, andando a uma velocidade em torno de 120km/h. Havia seguido a recomendação da autorizada e abastecido com gasolina Pódium. Depois disso, comecei a experimentar a V-Power, da Shell, que sempre usei na M800. Tanto o rendimento do motor quanto o consumo melhoraram, passando para cerca de 18km/l nas mesmas condições. Desde então venho usando essa gasolina. O bom é que a média de consumo permanece praticamente inalterada quando se coloca mais peso na moto, com garupa e bagagem.

Com essa média, temos uma autonomia de cerca de 400km (já que não dá prá rodar até a última gota), o que não considero excelente, apenas razoável. O ideal, para uma moto touring, a meu ver, seria uma autonomia de, pelo menos, uns 500km. Já comprovei esses parâmetros em viagens curtas de fim de semana. Também pude verificar que, ao aparecer o indicador da reserva, ainda se tem gasolina para rodar cerca de 75km.

A informação sobre a pressão dos pneus no computador de bordo é algo fantástico, pois nos evita ter que conferi-la rotineiramente, em equipamentos não muito confiáveis. Por falar nisso, percebi uma grande diferença, normalmente para menor, entre os calibradores dos postos e o sensor da moto. A pressão recomendada pelo fabricante, com ou sem garupa, é de 36/44psi, só que, na maioria dos calibradores, tenho que colocar cerca de 4 a 6 libras a mais para atingir esses valores.

O controle de tração, ainda bem, só pude experimentar uma única vez. Foi quando, ao passar numa estrada de terra com lama, a moto saiu de traseira e, de repente, aprumou naturalmente, sem que eu pudesse esboçar qualquer reação.

Já andei com ela na chuva. Não notei nada de diferente na condução e não tive qualquer dificuldade. A grande surpresa é que a bolha e a carenagem formam uma boa proteção, tanto para o tronco quanto para as pernas do piloto e da garupa. Rodei, em estrada, quase 100km embaixo de uma chuva moderada, aguardando um local favorável para parar e colocar as capas, que estavam no top case, mas como não nos sentíamos molhados, fui tocando. Chegamos secos ao destino!
 
O pior comportamento da moto, até agora, foi numa viagem em que pegamos, por quase 300km, fortes rajadas de ventos laterais. Aí sim uma moto custom leva vantagem, pelo seu centro de gravidade mais baixo e também pela menor área de resistência ao vento. Mas bastou reduzir a velocidade de 120 para 100km/h e não tive mais problemas, fora o desconforto natural de ter que andar muito tempo com a moto inclinada.

Quanto aos ventos frontais, na V-Strom sentia mais desconforto ao cruzar, em estradas de mão dupla, com enormes carretas em alta velocidade. A sensação era de que ia perder o controle,  pelo deslocamento de ar, muito embora acredite que isso nunca venha a ocorrer com uma moto desse porte. Lógico que esse desconforto acontece com qualquer moto mas, na minha impressão, com a VS é pior. Na K GT não se sente tanto. Outra vez e pelas mesmas razões, acho que nesse quesito ela também perde para uma custom, mas não chega a ser um problema.

Até o momento, essas são minhas impressões sobre a moto. Se estou satisfeito? Muito! Parece que quanto mais rodo, mais gosto da moto. Isso é natural, até porque, com o tempo, vamos ficando mais a vontade com o equipamento.
 
Se alguém tiver alguma dúvida, sobre meus comentários ou sobre algum outro detalhe que deixei de abordar, é só perguntar que será um prazer esclarecer. E me desculpem se acabei sendo um tanto prolixo na descrição da moto, mas o objetivo foi o de deixar uma boa contribuição para quem pretende ter uma touring.

Abraços
Registrado

marcotuba
Esquentando a Máquina
*
Offline Offline

Mensagens: 134


« Responder #33 : 16-01-2012, 20:05:56 »

Que nada camarada meu pai sempre dizia o tesao move o homem curta a motoca e falo mais depois da gs800 a próxima será igual a sua thumbsup
Registrado

os pessimentas reclamam do vento, os otimistas esperam que ele mude,e as pessoas de sucesso ajustam a vela
Wagner J. Marques
Moderador Global
Boulevard M109R Special Edition
*
Offline Offline

Mensagens: 11.913


Belo Horizonte - MG


WWW
« Responder #34 : 06-03-2012, 08:59:33 »

Parabéns, Johnnie!
Bela máquina, belas fotos!
Bacana demais seus relatos.
Que lhe traga muitos kms de alegrias!
 thumbsup thumbsup thumbsup
Registrado

Johnnie
Boulevard M800
*******
Offline Offline

Mensagens: 4.711


Brasília - DF


« Responder #35 : 07-03-2012, 10:32:57 »

Valeu, Wagner! thumbsup
Registrado

RKY-RJ
Fundador
Boulevard M109R
*****
Offline Offline

Mensagens: 8.275


Rio de Janeiro - RJ


« Responder #36 : 07-03-2012, 11:52:26 »

Boa Johnnie !!! Muito esclarecedor... conseguiu sintetizar em poucas palavras um monte de dúvidas que eu tinha a respeito dela  thumbsup
Registrado



XT1200Z - Yamaha Super Ténéré DX-60th 2017
XT1200Z - Yamaha Super Ténéré STD 2012
EU FUI: SP  2009, PR  2010, MG 2011, RJ  2012, SP  2013, SC 2014, MG 2015. RJ 2016, PR 2017, 2018 = EU VOU !
Johnnie
Boulevard M800
*******
Offline Offline

Mensagens: 4.711


Brasília - DF


« Responder #37 : 07-03-2012, 15:58:13 »

Que bom, RKY, esse foi o propósito dos posts thumbsup

Abraço
Registrado

Johnnie
Boulevard M800
*******
Offline Offline

Mensagens: 4.711


Brasília - DF


« Responder #38 : 14-07-2012, 19:10:10 »

Atualizando algumas informações, após 11.000 km rodados:

- troca de óleo, preventiva, aos 15.000 km na concessionária Welt Motors, em Brasília. Próxima troca aos 25.000 km. Óleo Motul 300V  (caro prá caramba!). Mão de obra, óleo e filtro (original): R$ 579,00.

- revisão de 20.000 km na mesma concessionária, onde pude acompanhar todo o serviço. Foram trocados o óleo do cardã (o chefe da oficina não me cobrou, pois havia uma embalagem aberta) e os fluídos de freio (traseiro e dianteiro). O óleo do motor foi verificado e não baixou um milímetro, se quer. Valor R$ 232,00.

- renovação do seguro no BB: R$ 1.748,00, com franquia reduzida de R$ 2.834,00.

- Pneus começaram a ficar quadrados, mas o estado geral ainda é muito bom e creio que ainda duram mais uns 3.000 km.

Até agora, uma maravilha, plenamente satisfeito com a moto. thumbsup
Registrado

gibastra
Marauder 250
*****
Offline Offline

Mensagens: 2.445


Passo Fundo RS


« Responder #39 : 14-07-2012, 19:23:42 »

 thumbsup thumbsup thumbsup
Registrado

Wagner J. Marques
Moderador Global
Boulevard M109R Special Edition
*
Offline Offline

Mensagens: 11.913


Belo Horizonte - MG


WWW
« Responder #40 : 16-07-2012, 10:20:07 »

Seguro:  thumbsup thumbsup thumbsup
 icon_smile
Registrado

nekel
Só olhando
*
Offline Offline

Mensagens: 2


« Responder #41 : 06-09-2012, 14:00:03 »

Olá Johnnie, Acabei de me inscrever no grupo, porque vi no google os comentários que você fez da BMWk1200GT, muito bem escrito por sinal, e completo. Também tenho uma k1200gt, que comprei há algumas semanas, que está com incríveis 3.600km, e também estou muito feliz com a aquisição. Sou de Curitiba, e neste final de semana fiz um passeio até a Cidade de Palmeira, uns 80km, após uma revisão completa e troca dos pneus, para sentir como seria o comportamento na estrada. Fiquei admirado com as respostas na acelaração e no comportamento em curvas. Li um comentário americano onde foi dito que a suspensão dianteira, tipo Duolever BMW, tira o controle do piloto sobre a condução. Não sou expert em efetuar traçados arrojados em curvas, me considerando do tipo cauteloso, e não concordei com o comentário americano, porque senti muita segurança nas manobras. A Moto sempre respondeu muito bem e não senti as irregularidades no piso quando dentro das curvas. Nesse passeio foi junto foi um amigo que tem uma CB1300 super four. No percurso fizemos uma troca para sentirmos as diferenças. Ele foi só elogios e eu não senti a mesma segurança na CB, que é uma excelente moto. O painel da BMW é de fácil leitura e o computador de bordo, piloto automático, controle de tração, freios ABS, levantamento do para-brisa, aquecimento dos bancos e dos manetes....Tudo perfeito. Senti falta apenas de um marcador digital de velocidade, talvez porque já esteja acostumado com o sistema em outras motos, mas é questão de costume. Agora, como você, estou  planejando um passeio mais longo, porque quando em cima daquela beleza não tenho vontade de parar. A posição de pilotagem é muito confortável e nem percebemos os kms passando. Realmente é uma moto para grandes percursos, claro que não desprezando inclusive um passeio pela cidade. Sobretudo, percebemos os olhares de admiração por onde passamos. Boa Sorte, sabedoria e cautela a todos nós Motociclistas. Abraços do Newton.      
« Última modificação: 06-09-2012, 14:05:01 por nekel » Registrado
Johnnie
Boulevard M800
*******
Offline Offline

Mensagens: 4.711


Brasília - DF


« Responder #42 : 09-09-2012, 11:49:45 »

Beleza, Newton! thumbsup

Parabens pela moto. Ja fiz 13000km com a minha, so em
estrada, e estou super satisfeito.

Neste momento estou fazendo a Rota 66 numa HD Electra Glide, mas estou com muita saudade da BM.

Abraco






Registrado

nekel
Só olhando
*
Offline Offline

Mensagens: 2


« Responder #43 : 09-09-2012, 20:10:57 »

Oi Johnnie. Sentindo um pouco do espírito americano não é mesmo? Eu não sou fã da Harley, mas nesse caso até vai. Ouvi dizer que em alguns trechos a rodovia está meio abandonada. Será que você poderia dar tua opinião a respeito?  Vai rodar todos os quase 3.800Km? Começou por Los Angeles (parece que nesse sentido fica meio contramão, rsrsrs...)? É uma viagem muito interessante e também tenho vontade de curtir esse passeio de moto. Preciso antes convencer a patroa, que tenho certeza vai preferir ir de carro, pela comodidade e bagagem. Em Maio passado rodamos (de carro) 2000 milhas desde Los Angeles até Las Vegas, Grand Canyon, San Francisco, retornando a Los Angeles. As rodovias estão em perfeitas condições... Não encontrei um buraco nem mesmo nos mais isolados trechos do deserto...Uma maravilha. Em novembro estamos indo passar 40 dias no Colorado, numa estação de ski chamada Keystone. É nossa terceira temporada por lá. Mas neste passeio não dá para ir de moto.... Só se for de snowmobile rsrsrs...Gostei muito de teu comentário sobre a KGT, merecia estar numa revista especializada em Motos. Depois que rodar um pouco mais também quero expressar aqui minha opinião sobre essa magnífica moto. Abraços do Newton.
Registrado
Johnnie
Boulevard M800
*******
Offline Offline

Mensagens: 4.711


Brasília - DF


« Responder #44 : 14-12-2012, 23:19:56 »

Após 15.400km que rodei com a moto, ela amanhã vai ganhar um par de sapatos novos.

Achei que os Metzeler RoadTec Z6 duraram bastante (pois como comprei a moto usada nem tenho ideia de qual foi a quilometragem total) e ainda não estão totalmente gastos, mas os traseiros ficaram bastante quadrados.

Apesar disso, resolvi experimentar o Michelin Pilot Road 3, que tem as mesmas especificações do Z6 e sobre os quais tenho lido excelentes referências nos sites europeus.

Consegui comprar o par na SBS, em Ribeirão Preto, numa promoção, a R$ 999,00 divididos em 12X no cartão. Achei um excelente negócio.

Depois de rodar um pouco colocarei minhas impressões aqui.
Registrado

Páginas: 1 2 [3] 4   Ir para o Topo
Imprimir
Ir para: