Páginas: [1] 2 3   Ir para o Fundo
Imprimir
Autor Tópico: Nova Indian Scout promete ser "divisor de águas"  (Lida 11980 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.
Wagner J. Marques
Moderador Global
Boulevard M109R Special Edition
*
Offline Offline

Mensagens: 11.913


Belo Horizonte - MG


WWW
« : 11-08-2014, 12:55:50 »

Ícone entre 1920 e 1940, modelo volta ao mercado norte-americano com DNA clássico e muitas inovações

Após mais de 70 anos ausente do mercado, a Indian traz de volta à vida seu modelo ícone, a Scout  A Indian Scout 2015, que já está disponível para pedidos online, tem preço sugerido de US$ 10.999 (R$ 25.275)  A nova Indian Scout foi apresentada durante o 74º Sturgis Motorcycle Rally, na Dakota do Sul  Ao projetar a nova Scout, os engenheiros da Indian mantiveram o DNA clássico do modelo  De acordo com a Indian, a altura do banco é democrática e agrada a todo tipo de piloto  O desenho do painel de instrumentos segue uma linha clássica e conta com tela de LCD  A Indian Scout 2015 recebeu motor novíssimo de 1.133 cm³, o primeiro arrefecido a líquido da marca  O banco único em couro marrom garante um visual ainda mais clássico a nova Scout 2015  Nessa releitura, os engenheiros mantiveram a essência e o DNA original da Scout dos anos 20, 30 e 40  A nova Indian Scout 2015 conta com cinco cores: vermelho, preto, preto fosco, prata e prata fosco  O novo propulsor V-Twin da Indian Scout é capaz de gerar 100 cv de potência as 8.100 rpm
 
Durante a 74ª edição do Sturgis Motorcycle Rally, um dos maiores e mais tradicionais encontros de motociclistas do mundo, realizado no início de agosto no Estado de Dakota do Sul (EUA), a Indian apresentou aos aficionados por motos custom a nova Scout 2015, que retorna ao mercado após mais de 70 anos e traz uma interpretação moderna da clássica motocicleta. O principal destaque do ressuscitado modelo fica por conta do novo motor, o primeiro de arrefecimento líquido da história da centenária marca norte-americana.

No desenvolvimento desta releitura do modelo, os engenheiros mantiveram a essência e o DNA original da Scout dos anos 1920, 30 e 40. Dessa forma, o chassi construído em alumínio do tipo “triângulo rígido” (ou rigid triangle, marca registrada da Indian), encontrado nas antigas 101 Scout, foi “imortalizado” no novo projeto. Seu entre-eixos mede 1.562 mm, o que, de acordo com a Indian, deixa a manobrabilidade em baixa e alta velocidades excepcional. Ainda segundo a fabricante, o ângulo de inclinação chega a 31 graus, um bom número para uma motocicleta custom.

Além do chassi com o DNA clássico, a Indian equipou a Scout 2015 com um farol redondo com acabamento em preto e um aro cromado, que reproduz o desenho original, e ainda combina com outros elementos da motocicleta. O símbolo do tanque é parecidíssimo com o utilizado nas Scouts desde 1920, tudo para deixar o novo modelo com a identidade da antiga moto.

Ciclística

O banco único em couro marrom, além de dar um aspecto clássico, fica a 642 mm do solo, o que garante conforto e a facilidade de agradar pilotos de diferentes estaturas e níveis de experiência. Pesando 244 kg a seco, pouco mais leve (1 kg) que a Harley-Davidson 883, por exemplo, a Scout conta com suspensão dianteira de 120 mm de curso e duplo amortecedor traseiro de 76 mm de curso. O trabalho de frenagem é feito por disco duplo de 298 mm de diâmetro e pinça de dois pistões na dianteira e disco simples também de 298 mm e pinça de pistão único.

“Durante 30 anos de incontáveis inovações, vitórias em corridas, recordes mundiais, a Scout ganhou a reputação de ser uma motocicleta versátil, multi tarefas, que agradava todo o tipo de motociclista. Nossos designers e engenheiros pegaram essas características e incorporaram na versão 2015 da Scout”, disse Steve Menneto, vice-presidente da área de motocicletas da Polaris, durante a apresentação da Scout 2015.

Motor

A Indian Scout 2015 é equipada com o novíssimo motor DOHC (duplo comando de válvula) V-Twin de 1.133 cm³ e oito válvulas, o primeiro propulsor da Indian com sistema de arrefecimento a líquido. Apesar de ser totalmente novo, a companhia afirma que os engenheiros combinaram o design, o desempenho e a confiabilidade das Scouts antigas, com os componentes e tecnologias modernas. Dessa forma, o propulsor entrega a potência de maneira suave e sem falhas em toda a faixa de potência. O novo propulsor, capaz de gerar 100 cavalos de potência as 8.100 rpm e torque máximo de 9.98 kgf.m aos 5.900 giros, conta ainda com injeção eletrônica de combustível e acelerador eletrônico “ride-by-wire”.

Já disponível para reservas on-line no site da Indian Motorcycles, a Scout 2015 estará nas lojas da marca nos Estados Unidos no final de 2014 por U$ 10.999 (pouco mais de R$ 25.000) nas cores: vermelho, preto, preto fosco, prata e prata fosco. Incluindo o novo modelo, a Indian conta agora com cinco modelos, o que representa apenas 3% do “market share” do mercado norte-americano. No entanto, a Polaris espera aumentar esse número com as vendas da Scout e ameaçar a liderança da Harley-Davidson. “Nós da Polaris acreditamos que a Scout 2015 será um divisor de águas para a Indian”, completou Steve Menneto.

História da Indian e da Scout 101

Entre as décadas de 1920 e 1940 eram comuns em parques de diversões atrações como o “globo da morte”, na qual motociclistas se aventuravam a andar nas “paredes” de madeira desses “circuitos” em alta velocidade. Uma das motocicletas mais utilizadas nesse tipo de show era a 101 Scout, construída pela Indian entre 1920 e 1949, cuja versatilidade e maneabilidade a transformavam em um sucesso da época. Na verdade, a Scout continua sendo a moto predileta nesse tipo de evento, que ainda acontece por todos os Estados Unidos organizados pela Vintage American Entertainment.

Apesar do sucesso conquistado naquela época, a Indian passou por dificuldades durante 60 anos, até que, em 2011, foi adquirida pela Polaris Industries, fabricante norte-americano de veículos off-road e das motocicletas Victory. Desde então, a Polaris tem tentado reerguer a lendária Indian e disputar clientes com a Harley-Davidson. Sendo assim, no ano passado a Polaris introduziu três novos modelos (Chief Classic, a Chieftain e a Chief Vintage) na linha da Indian e revelou há pouco sua nova touring, a Roadmaster 2015.



Fonte: http://msnmotos.icarros.com.br/noticias/motos/nova-indian-scout-promete-ser--divisor-de-aguas-/16658.html
Registrado

bregolin
Membro Coletado
Intruder 125
*
Offline Offline

Mensagens: 1.879



WWW
« Responder #1 : 11-08-2014, 12:58:27 »

Essa ficou linda!.... thumbsup
Registrado

Sandman
Membro Coletado
Boulevard M800
*
Offline Offline

Mensagens: 5.069


BRONX - ZO / SP


« Responder #2 : 11-08-2014, 13:32:41 »

Muito bonita
Registrado



""Não tento explicar às pessoas porque ando de moto. Para os que compreendem, nenhuma explicação é necessária! Para os que não compreendem, nenhuma explicação é possível"
Cleiton
Membro Coletado
Mobilete
*
Offline Offline

Mensagens: 313



« Responder #3 : 11-08-2014, 21:45:23 »


 Lindona mesmo!  thumbsup

 E a um valor super bom, imagina se pudéssemos comprar uma moto dessas a R$ 25.000 aqui no BR! 

Registrado
adriano1984
Membro Coletado
Intruder 125
*
Offline Offline

Mensagens: 1.674

M.A.O.S eternos Bixos


WWW
« Responder #4 : 11-08-2014, 23:22:30 »

show mesmo .... thumbsup
Registrado

O caminho nunca é longo demais,quando um amigo nos acompanha.
Luiz
Membro Coletado
Marauder 800
*
Offline Offline

Mensagens: 3.999


Brasília - DF


« Responder #5 : 11-08-2014, 23:55:18 »

UH! Quero essa pra mim!!!
Registrado

Luiz
M1500 Red Bull
Cruel
Burgman 125
***
Offline Offline

Mensagens: 663



« Responder #6 : 12-08-2014, 15:06:56 »

Linda!

Agora coloca quase 80 % de imposto, fica por R$ 45.000,00  angry5
Registrado
AL
Fundador
Boulevard M800
*****
Offline Offline

Mensagens: 5.742


Americana - SP


« Responder #7 : 12-08-2014, 15:47:48 »

45Mil kimosabe? tongue3 Mas nem perto. Eu não acredito mais nem em história da carochinha nem que é só imposto que encarece. icon_biggrin

Se vier, vai ser uns 60 conto no mínimo. Meu chute. thumbsup
Registrado

Abraços,


AL
Suzuki Boulevard C1500 '08 Branca e Prata - Adele
DFIERZ
Conselho
Boulevardossaurus Rex !!!
*
Offline Offline

Mensagens: 22.125


BOG - Irmãos de Alma e Estrada - AD SUMUS!!!!!


WWW
« Responder #8 : 12-08-2014, 18:06:38 »

Seria bom voltar as origens.... angel4 ... do motociclismo claro!
Registrado

Irmãos de Alma e Estrada!

Nós que cá estamos, por vós esperamos!   
Edson Gubert
Mobilete
**
Offline Offline

Mensagens: 494


Caxias do Sul Rio Grande do Sul Tchê


« Responder #9 : 12-08-2014, 18:12:08 »




 tongue3
Registrado

XT 1200z Super Teneré - RAVENA

Live free or die!
Eu não ando de moto para ser visto... Eu ando de moto para desaparecer.
MMaffessoni
Esquentando a Máquina
*
Offline Offline

Mensagens: 115


Sol lá fora? Moto!!!


« Responder #10 : 12-08-2014, 20:28:59 »

Fecho com o AL: R$ 60 conto. Ou mais, hein...  angry7 angry7

É uma pena. Um país tão bonito, tanto potencial pra dar certo...e uma cambada de fdp emporcalhando nossa história com políticas escrotas e roubalheira descarada. Impostos? Não. Isso não é imposto. Imposto é pra ser bom, é pra manter uma máquina enxuta e competente, pra nos devolver benefícios básicos (educação, saúde, infraestrutura decente e segurança pública). Isso aí é mão no bolso, mesmo!

Infelizmente o Brasil está mais para o país da ineficiência, da ignorância, da criminalidade suplantando o direito, ... e por aí vai.

Outro dia passei numa CC da Honda pra ver se pegava um scooter pra rodar na cidade de vez em quando, e pra dar uma opção ao meu filho se deslocar mais livremente. Um PCX está por R$ 10.500,00. Que tal?! Dez pau e meio!

Ou seja, não é a JaTOLaodEDO a vilã; o buraco é mais embaixo.   angry5
Registrado

Marcelo
Suzuki Boulevard M1800 BOSS
Cruel
Burgman 125
***
Offline Offline

Mensagens: 663



« Responder #11 : 13-08-2014, 15:29:06 »

 icon_scratch

Talvez o valor não "puxe" tanto, a proposta da linha scout é de um modelo de "entrada"
É a linha mais simples da Indian


http://oglobo.globo.com/estilo/carros/indian-apresenta-nos-eua-nova-geracao-da-scout-sua-moto-de-entrada-13499071


NO BRASIL EM 2015

E quando as Indian chegam ao Brasil? Por enquanto não há mudanças em relação ao que foi dito em outubro do ano passado, durante o Salão Duas Rodas de São Paulo: a marca virá, sim, mas ainda está em “fase de planejamento”.

Apostamos que a estruturação acontece no segundo semestre deste ano e as vendas, no segundo trimestre 2015 — com montagem CKD em Manaus para que a marca tenha preços competitivos





Registrado
FABRFERR
Marauder 800
******
Offline Offline

Mensagens: 3.191


M.A.O.S eternos Bixos


« Responder #12 : 14-09-2015, 14:06:51 »

Esta chegando:
Indian nacionais chegam em outubro às lojas

Marca fabricará em Manaus e terá quatro concessionárias no Brasil em 2015, com previsão de oito até 2016


A estreia da Indian no Brasil ocorre no Salão Duas Rodas, que vai 7 e 12 de outubro, em São Paulo. E as motos da centenária marca norte-americana começam a ser vendidas logo em seguida, ainda em outubro, priorizando o modelo Scout, mais barato, para preparar a chegada das Chief Dark Horse, Classic e Vintage, Chieftain e da grandalhona Roadmaster (acima).
No início das vendas, quatro concessionárias receberão as motos da Indian, localizadas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Florianópolis. Até o fim de 2016, mais quatro irão entrar em operação, ainda sem local definido, fechando o primeiro ciclo de investimentos. Nas lojas haverá vestuário, acessórios e, no futuro, um clube de donos da Indian, nos moldes do HOG da Harley.
De acordo com o diretor geral da Indian no Brasil, Rodrigo Lourenço, os preços das motos ainda não foram definidos devido às constantes variações do dólar, mas "elas deverão custar mais que as motos da Harley-Davidson". Ou seja, a Scout terá um preço aproximado de R$ 45 mil. "Quando nos comparar com a concorrência, o cliente vai nos escolher, a venda está feita. Nossas motos são melhores", afirma Lourenço.
Todas as motos serão montadas em Manaus e, embora a Indian seja comandada pela Polaris, nenhum parafuso sequer será usado em compartilhamento. É o que afirma o gerente de marketing Paulo Brancaglion. "Trabalhamos as marcas de forma muito diferentes e cada uma tem um público e desejos específicos. A única coisa que as une é o esmero de engenharia."
A Indian tem fábrica nos Estados Unidos, em Iowa, e outra na Polônia. A unidade de montagem CKD instalada em Manaus é apenas a terceira da marca no mundo, o que comprova a importância que a Indian dá ao crescente volume de vendas de motos premium no Brasil, mesmo em meio à crise.

Veja galeria da Scout, primeira moto da Indian que será vendida no Brasil!














Fonte: O Estado de S. Paulo
Registrado

...prefiro trovar com um boi no acostamento que discutir com os burros do trânsito.
Brant
Conselho
Intruder 125
*
Offline Offline

Mensagens: 1.843


FE NA VIDA E BORA PRA ESTRADA !


« Responder #13 : 14-09-2015, 22:45:29 »

 Sem palavras ...
Registrado

“Confia os teus caminhos ao Senhor, e Ele te susterá” (Sl 55:22).
fjaconete
Esquentando a Máquina
*
Offline Offline

Mensagens: 168


Gordinha => Boulevard M800 Preta


« Responder #14 : 15-09-2015, 07:20:12 »

Achei a moto fantástica!

Apenas algumas curiosidades minhas a respeito do modelo!
Achei interessante o velocímetro ficar "minúsculo" acima de 120km/l, hehehe.
Outra coisa que me pareceu meio gambiarra foi a curva do segundo cano do escape, parece que foi meio que adaptado para não sobrepor o motor, sei lá!

Se não fosse o preço muito alto, até consideraria uma boa opção de compra. A primeira moto da linha já refrigerada a água, com correia e aparentemente ABS.

Tenho impressão que a postura de pilotagem deve ser fantástica pela posição do banco e grande recuo dos guidões!

A moto me agradou bastante.

Espero um dia que os preços sejam mais justos, opa peraí, muita ingenuidade!
Registrado

Fernando S. Jaconete
Boulevard M800 Preta 2007
Páginas: [1] 2 3   Ir para o Topo
Imprimir
Ir para: